Translate

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Artes Como Forma de Salvação


Nunca devemos nos esquecer de que a nossa mensagem não está nas demonstrações atrativas e superficiais de nosso próprio talento, “mas em demonstração do Espírito e de poder” (1 Coríntios 2.4).

Jesus, o maior mestre de todos os tempos, utilizava parábolas para causar impacto e permitir melhor memorização aos seus ouvintes. A parábola é uma forma de explicação altamente ilustrativa, instrutiva e que facilita muito a memorização. Pode ser que se Jesus expusesse de forma direta o incrível desejo do Pai em perdoar os arrependidos, talvez não entenderíamos de maneira tão profunda e tão impactante tal como entendemos por meio da parábola do Filho Pródigo e de tantas outras.
Deus nos deu oportunidade para cantarmos, dançarmos, interpretarmos, pintarmos e usarmos todo tipo de artes para adorarmos a Ele e levarmos a salvação a outros. É tempo de sairmos das quatro paredes dos templos, usando todos os recursos para ganharmos almas para o Reino, é tempo de fazermos conhecido o amor de Deus. As artes podem ter um poderoso impacto se forem produzidas na unção e no poder do Espírito Santo. Em 2 Reis 3.15, lemos que Deus usou de maneira poderosa um músico ungido para que o poder Dele descesse sobre Eliseu. O livro dos Salmos é, na verdade, um hinário que continuamente nos exorta a cantarmos ao Senhor (Salmo 149.1). A dança também está incluída na Bíblia, o Salmo 149.3 diz: “Louvem a Deus, o SENHOR, com danças [...]” Imaginem um grande impacto evangelístico, com arte circense, teatro, danças, músicas, grafite, tudo sendo utilizado de forma evangelística. As artes são especiais, pois se identificam com a dor das pessoas e ministram a verdade da Palavra de Deus com sensibilidade.
O Senhor oferece perdão, amor, libertação e cura por meio das artes. Precisamos utilizar as artes como meio de evangelização, alcançar aqueles que estão perdidos, que estão fora do alcance das pregações dos púlpitos e panfletos evangelísticos.
Há muitas formas de cumprirmos o Ide do Senhor. Devemos entender que nem todas as pessoas serão alcançadas por uma única e padronizada maneira. A Palavra em Mateus 13.15 nos é clara: “Porque o coração deste povo está endurecido, de mau grado ouviram com os ouvidos e fecharam os olhos; para não suceder que vejam com os olhos, ouçam com os ouvidos, entendam com o coração, se convertam e sejam por mim curados” Mas o Senhor nos deu talentos e as artes para alcançarmos os inalcançáveis e por meio da música, do teatro, da dança, da pintura, e de tantas outras formas de artes muitas pessoas poderão se identificar com o evangelho e conhecerão o amor do Senhor Jesus e o seu sacrifício por nós.
Para o Senhor todas as coisas são possíveis. Um tema que permeia todo o livro de Esdras é o de que a mão de Deus estava sobre ele em tudo o que fazia. Precisamos da poderosa mão do Senhor sobre nós, nossos talentos e dons. Saia da zona de conforto, os campos estão brancos, mas os ceifeiros são poucos!
Por Peterson Amicuchi

Nenhum comentário:

Postar um comentário